Homem é preso suspeito de torturar a filha de dois anos no RS
Sexta, 09 de Fevereiro de 2018 às 06:56
Menina sofria agressões físicas e psicológicas

A Polícia Civil prendeu, na quarta-feira, um homem suspeito de torturar a filha de dois anos, no bairro Restinga, zona Sul de Porto Alegre. A menina teria sofrido agressões físicas e psicológicas desde que tinha poucos meses.

De acordo com a delegada Andrea Magno, do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), entre as motivações para o crime se destacava a questão de gênero. “Ele não queria ter uma filha mulher”, ressaltou Andrea. Testemunhas relatam ainda que o homem é agressivo. Ele tem, inclusive, histórico de violência contra a mãe e a irmã.

Segundo a investigação, o homem batia na menina e ainda a colocava embaixo do chuveiro com água gelada, pois ele acreditava que isso acelerava o desaparecimento das marcas roxas e vermelhas do rosto dela. “Ele dava banhos gelados na vítima como castigo, inclusive de madrugada, caso a menina acordasse à noite. Durante a alimentação da menor, o pai enchia a boca da vítima e fechava, tapando com sua mão até que ela engolisse o alimento”, contou a delegada.

A Polícia Civil vai apurar ainda a conduta da mãe da criança durante as agressões. O caso constará no inquérito policial. A delegada acionou ainda o Conselho Tutelar, para tomar as medidas cabíveis em relação a menina.
Fonte: Correio do Povo
Imagens
Comentários