Grêmio tem negado recurso pela Conmebol para anular cartão de Kannemann
Segunda, 27 de Novembro de 2017 às 20:01
Clube contesta decisão, dizendo que entidade não esclareceu motivos para recusar pedido
O Grêmio recebeu comunicado no início da tarde desta segunda-feira de que o Tribunal de Disciplina da Conmebol rejeitou o recurso do clube para anular o cartão amarelo recebido pelo zagueiro Kannemann contra o Lanús, que o tira da grande final da Libertadores, quarta-feira, na Argentina.

A informação foi confirmada ao GaúchaZH por Nestor Hein, diretor jurídico do Grêmio. O dirigente, contudo, critica a entidade por não esclarecer os motivos da recusa ao recurso, que foi protocolado pelo clube na sexta-feira.

— Recebemos a decisão com a recusa, mas sem dar qualquer razão para a negativa. Além disso, a Conmebol nos negou o acesso ao diálogo entre o árbitro de campo e o de vídeo no lance do pênalti sobre o Jael. Estamos confirmando nossas piores suspeitas em relação ao setor de arbitragem da Conmebol. Estamos estudando o que fazer — explicou Hein.

Com a confirmação da suspensão de Kannemann, o técnico Renato deve utilizar o zagueiro Bressan como parceiro de Bressan na decisão de quarta-feira. O defensor voltará a La Fortaleza depois de ter atuado no ano passado contra o Lanús defendendo o Penãrol.
ZH Esportes
Imagens
Comentários