Dia de Campo reúne agricultores do Oeste Catarinense em Palmitos
Sexta, 03 de Novembro de 2017 às 16:10
Nesta terça-feira (31), a partir das 9:00 cerca de 350 agricultores do Oeste catarinense estiveram reunidos em Palmitos, na propriedade rural do produtor Vitorino Zemiani, localizada na Linha da Gruta, para o Dia de Campo.
O evento promovido pela Japan Tobacco International (JTI), exportadora de tabaco localizada em Santa Cruz do Sul (RS), visa integrar parte dos 1489 produtores de tabaco distribuídos em 82 municípios de Santa Catarina, com os quais a empresa se relaciona.

O Dia de Campo busca disseminar, através de conversas, a importância da adoção de determinadas práticas e condutas no dia a dia na propriedade e quais os impactos destas na qualidade do produto final. Na ocasião, técnicos da empresa vão promover discussões sobre o manejo e a conservação do solo, a produção de mudas, fertilização, desponte, colheita, cura, integridade, classificação e comercialização do tabaco. Outras questões como saúde, segurança, direito dos trabalhadores e eliminação do trabalho infantil, sustentabilidade do negócio, sucessão e manutenção rural também estão na pauta.

Segundo Rudiberto Antônio Mohr, que é o coordenador de produção da área, estes encontros são fundamentais para fortalecer a parceria entre a JTI e seus produtores. "Com mais informação eles ganham mais autonomia, melhoram a qualidade de vida na propriedade, fortalecem seus negócios e têm condições de produzir com a qualidade que combinamos", ressalta.

O evento também visa integrar departamentos da empresa que possui oito profissionais atuando na promissora região Oeste de Santa Catarina e estreitar relações com stakeholders, que também são convidados a participar do evento.

Os agricultores Vitorino Zemiani e Jandir Rigo são orientados pelo técnico Tiago Henrique Demarchi.

EXPORTAÇÃO DE TABACO

O tabaco é o 6º na pauta do agronegócio brasileiro. O País é responsável por aproximadamente 30% dos negócios mundiais do produto, disputados por 90 países. Em 2016, foram 483 mil toneladas e US$ 2,12 bilhões exportados, sendo a Região Sul responsável por mais de 99% dos embarques (US$ 2,09 bilhões e 481 mil toneladas).

Apesar de o primeiro semestre ter fechado com queda de -15% nas exportações brasileiras de tabaco, pesquisa conduzida pela PriceWaterhouseCoopers e encomendada pelo Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) aponta uma tendência de recuperação até o final do ano, quando deverão ser embarcadas de -2% a +2% de tabaco em folha, tanto em dólares como em volume, em relação ao ano passado.

A JAPAN TOBACCO INTERNATIONAL

A JTI é membro do Grupo de Empresas Japan Tobacco (JT), uma das líderes internacionais de produtos de tabaco, com sede em Genebra, na Suíça. Nós fabricamos e vendemos algumas das melhores e mais conhecidas marcas de cigarro do mundo, Winston e Camel. Desde que o nosso negócio foi estabelecido, em 1999, temos crescido significantemente por meio do compromisso do nosso internacional e diversificado grupo de 27 mil colaboradores. Nós colocamos qualidade no centro de tudo que fazemos. Nosso portfólio reúne marcas tradicionais com uma rica história, além de novos produtos, desenvolvidos e impulsionados pelo o que há de mais novo em termos de inovação. Neste misto de herança e inovação, todas as nossas marcas dividem o mesmo padrão de qualidade e cada uma tem um papel importante no nosso crescimento.
Jornal Oeste Popular- Maico J. Faita
Imagens
Comentários