Igreja Evangélica de Mondaí realiza evento comemorativo pelo Dia da Reforma
Sexta, 27 de Outubro de 2017 às 09:04
Programação será desenvolvida no domingo
No próximo domingo (29), a Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil de Mondaí promove um evento especial em comemoração aos 500 anos da Reforma Luterana e ao Dia da Igreja.

Participarão das atividades festivas as Paróquias de Erval Seco e Iraí, Rio Grande do Sul, além das Paróquias de Palmitos e Mondaí.

A programação terá inicio às 9h00, no Porto da Barca, onde será lembrada a chegada dos primeiros Evangélicos Luteranos ao município.

Às 9h30min inicia a celebração com caminhada e encenações da chegada dos primeiros imigrantes.

Após um grupo de Herval Seco irá encenar a organização da Igreja após a chegada dos primeiros imigrantes em Mondaí.

Já a Igreja de Palmitos abordará o trabalho social desenvolvido pelos Luteranos na região.

Os membros da Paróquia de Iraí falarão sobre temas relacionados ao futuro da Igreja.

A caminhada seguirá até em frente à Igreja Evangélica, no centro da cidade, onde será feita uma mensagem especial pelo Dia da Igreja e pelos 500 anos da Reforma Luterana.

Programação pelo dia da reforma terá almoço em Mondaí

Após a procissão do Porto da Barca até a Igreja Evangélica, a programação terá sequência na área de lazer, onde será servido almoço.

Na parte da tarde haverá uma palestra, além de apresentações artísticas.

Esse ano também se comemora os 92 anos da chegada dos primeiros Evangélicos Luteranos a Mondaí.

Em entrevista concedida a Rádio Porto Feliz nesta semana, os pastores da Igreja Evangélica de Confissão Luterana, de Mondaí, Laju e Iporã do Oeste, falaram sobre o que representa essa data.

Segundo eles, a Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão realizado no início do século 16 por Martinho Lutero, na Alemanha.

Na ocasião, através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1.517, na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, Lutero protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano.

Ele foi apoiado por vários religiosos e governantes europeus provocando uma revolução religiosa, que resultou na divisão da chamada ‘Igreja do Ocidente’, entre os católicos romanos, e os reformados ou protestantes.

Marinho Lutero morreu aos 62 anos de idade, no dia 18 de fevereiro de 1.546.
Rádio Porto Feliz
Imagens
Comentários